MyRestaurant

Idioma

Imperial | Restaurantes

Imperial

Norte
Total votes: 6
3 1

Tipo de cozinha

Fast food
Típica

Tipologia

Urbano

Preço médio

Almoço: 
8€
Jantar: 
8€

Lotação

65

Chef

Jorge
Contactos
(+351) 253 279 687
(+351) 918 806 636

Contactar este restaurante

Morada

Rua Coronel Albino Rodrigues 194-r/c, São José de São Lázaro, Braga, 4715-559

Web

Horário

9h
24h

Reserva Online

Imperial

Data/Hora *
Exemplo: 18/08/2017
Exemplo: 12:00

Separadores Verticais

O Café Imperial, conhecido desde 1987 pela suas famosas "Francesinhas Especiais", é uma referência para os apreciadores da Francesinha, na cidade de Braga. Sempre que desejar ter o prazer de se deliciar pelo segredo do seu molho especial, deixe-se levar por esta especialidade que o Sr. Jorge recomenda.

Visite-nos!

Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários
Retrato de Carina Nuno
Carina Nuno
Primam pela simpatia no atendimento. :-) Obrigada
Retrato de imperial braga
imperial braga
Muito obrigado Carina Nuno! Boas Festas
Retrato de catarina.araujo.121
catarina.araujo.121
Para mim... a melhor francesinha de Braga!! e arredores... ;)

EMENTA NO PRATO

  • Bife Imperial (Bife, ovo, batata, arroz, alface, tomate, queijo e fiambre) 10.50€
  • Bife Júnior (Bife, ovo, batata e arroz) 6.50€
  • Fêvera no Prato (Fêvera, ovo, batata, arroz, alface, tomate, queijo e fiambre 7.50€
  • Omeleta Mista (Batata, arroz, alface e tomate) 6.50€
  • Omeleta de Queijo (Batata, arroz, alface e tomate) 6.00€
  • Omeleta de Fiambre (Batata, arroz, alface e tomate) 6.00€
  • Hambúrguer (Hambúrguer, arroz, batata, queijo, fiambre, alface, tomate e ovo) 6.50€
  • Francesinha Especial 6.00€
  • Francesinha Especial com ovo 6.50€
  • Meia Francesinha Especial 4.50€
  • Meia Francesinha Especial com ovo 5.00€
  • Francesinha Especial com hamburguer 6.00€
  • Francesinha Especial com hamburguer e ovo 6.50€
  • Francesinha Especial com bife (Bife de vitela) 8.50€
  • Francesinha Especial com bife e ovo (Bife de vitela) 9.00€
  • Meia Francesinha Especial com bife (Bife de vitela) 5.50€
  • Meia Francesinha Especial com bife e ovo (bife de vitela) 6.00€
  • Prato Júnior (Salsicha, ovo, arroz, e batata) 3.50€
  • Cachorro Especial 5.00€
  • Tosta Especial 5.00€
  • Batatas fritas (dose) 2.50€
  • Batatas fritas (1/2 dose) 1.50€

EMENTA NO PÃO

  • Tosta de Queijo 1.50€
  • Tosta de Fiambre 1.50€
  • Tosta Mista 2.50€
  • Cachorro Misto 3.00€
  • Bifana 3.00€
  • Prego 3.50€
  • Francesinha Normal 3.50€
  • Sanduíche Americana (Alface, tomate, ovo, queijo, e fiambre) 3.00€
  • Sanduíche Imperial (Alface, tomate, queijo, fiambre e carne) 3.50€
  • Hambúrguer Imperial (Hambúrguer, alface, tomate, queijo e fiambre) 3.50€

VINHOS

  • Maduro Branco 9.00€
  • Maduro Tinto 9.00€
  • Verde Branco 7.00€
  • Meia garrafa de vinho tinto 2.50€
  • Meia garrafa de vinho branco 2.50€
  • Sangria 1 Lt. 7.50€
  • Sangria 1,5 Lt 10.00€
  • Sangria Champanhe 12.00€

SOBREMESAS

  • Sobremesas várias 2.50€

Videos

Fotos

Parceiros

Aqui perto

Braga
Ponto de Interesse
Tribunal da Comarca de Braga
Praça da Justiça
Santa Tecla
4710 402 Braga
Portugal

Palácio da Justiça
Situa-se na Praça da Justiça. O edifício desenvolve-se em 4 pisos, um dos quais semi-enterrrado. O edifício organiza-se à volta de um espaço amplo de forma cilíndrica coberto por uma cúpula semi-esférica que faz a ligação visual entre os vários pisos. Foi inaugurado em 1995 pelo então Ministro da Justiça Dr. Álvaro Laborinho Lúcio.
No edifício funcionam os Serviços do Ministério Público, com a secção central, três secções de inquéritos e uma outra secção vocacionada para apoio à Procuradoria, aos Juízos Cíveis e Vara Mista, secção essa a que foi atribuída a designação, já aceite, de Gabinete Cível. Encontram-se também instalados: quatro Juízos Criminais, quatro Juízos Cíveis, Vara de Competência Mista (actualmente com seis juízes); e, a partir de Setembro de 2007, Juiz de Instrução Criminal.
O piso semi-enterrado está, essencialmente, devotado a parque automóvel para magistrados e alguns funcionários.

Braga
Ponto de Interesse
Clínica de Santa Tecla
Rua Doutor Francisco Duarte 120
Santa Tecla
4701-855 Braga
Portugal

Telefone : 253 209 900 | Fax : 253 209 936
Radiologia telefone 253 209 930
Fisioterapia telefone 253 209 931
Consultas telefone 253 209 932

A Clínica Médico-Cirúrgica de Santa Tecla foi fundada em 1985 por um grupo de médicos que decidiu investir numa unidade de saúde capaz de satisfazer, com qualidade e atendimento diferenciado e personalizado, a necessidade sentida, quer pelos médicos, quer pelos utentes, não só de Braga como toda a região do Minho.

Trata-se de uma clínica que tem vindo a prestar de uma forma sustentada, uma vasta gama de serviços médicos.

Actualmente a clínica possuiu um quadro altamente diferenciado de médicos, enfermeiros e outros técnicos de saúde.

Com um tempo de espera «quase nulo» é possível marcar consultas para as especialidades mais requisitadas no prazo de três a quatro dias.

A rapidez na resposta e a garantia da qualidade na prestação de serviços é a nossa grande aposta.

Director Clínico
Dr. Manuel de Oliveira

Adjuntos
Dra. Maria do Sameiro Ferreira
Dr. Jorge Salgado

Direcção de Enfermagem
Internamento
Enf. André Peixoto Magalhães

Bloco Operatório
Enf. António Ferreira

Braga
Ponto de Interesse
Parque de S. João da Ponte
Parque de S. João da Ponte
S. José de S. Lázaro
Braga
Portugal

Horário da Receção:
» Época alta: das 08:00 às 23:00
» Época baixa: das 09:00 às 19:00

Acessos: Estrada Nacional 101 ao km1
Altitude (m): 190
Área (m2): 20000
Classificação: 1 estrela
Lotação: 200
Período de funcionamento: Todo o ano

O Parque da Ponte, ou Parque de São João da Ponte, é um parque urbano da cidade de Braga, Portugal. O parque, localizado no fim da Avenida da Liberdade, está dividido em quatro partes, a parte exterior (a norte), a parte interior, o Complexo Desportivo da Ponte (a Este) e o Parque de Campismo da Ponte (a Sul). O parque é limitado a Norte pelo Rio Este e a Avenida Dr Francisco Pires Gonçalves, a Este e Sul pelo Monte do Picoto e a Avenida do Estádio, a Oeste pelo Parque de Exposições de Braga e Rio Este.

Parte Exterior

A parte exterior do parque, a mais antiga, cresceu em torno da Capela de São João. É um espaço arborizado com alguns jardins e lagos, possui um coreto, um parque Infantil, um auditório ao ar livre e um monumento evocativo ao 25 de Abril, que celebra a liberdade e democracia.
Todo este espaço está associado às festividades do São João, espaço esse, onde tradicionalmente se realiza o arraial de São João.
Em tempos, quando a água do Rio Este era límpida, as mulheres de Braga lavavam as roupas na margem do rio, onde posteriormente estendiam-nas na encosta do monte do picoto.

Parte Interior

A parte interior é uma prolongação da parte exterior, no entanto encontra-se dividida da parte exterior por um gradeamento proveniente do antigo Jardim Público que existiu na Avenida Central. Esta parte caracteriza-se por uma maior densidade em vegetação e um grande lago artificial.
A antiga estufa, situada nesta parte, foi restaurada e transformada numa videoteca e num Espaço Internet.

Braga
Ponto de Interesse
Parque de Exposições de Braga
Rua Doutor José Azevedo Ferreira
São José de São Lázaro
4700 909 Braga
Portugal

Braga Cidade de Exposições e Congressos.

Parque de Exposições de Braga no desenvolvimento da região.
Criado em 1981, o Parque de Exposições de Braga é a única estrutura da região vocacionada para a realização de feiras, exposições, congressos e outros eventos de carácter sócio-cultural, científico, recreativo e desportivo, de interesse nacional e internacional. A realização regular de feiras e exposições, em Braga, vem desde 1968, data da primeira Exposição Agrícola e Industrial do Norte, certame que se realizava pelo S. João, nos terrenos anexos ao Estádio 1º de Maio. Com o seu desenvolvimento e crescimento, a falta de um recinto permanente de feiras tornou-se uma questão essencial para o futuro da Feira Agrícola e Industrial. Assim, em 1977, a Câmara Municipal de Braga reconhecendo a importância do certame, decide adquirir os terrenos necessários para a construção de um recinto dotado das condições adequadas para a realização do certame agrícola e de outros dirigidos as diversas actividades económicas. Este importante passo, acompanhado da criação de um infra-estrutura técnica e humanas, lançou em definitivo o que é hoje o Parque de Exposições de Braga. Logo em 1981, ano da criação formal do Parque de Exposições de Braga, a Agro é admitida na União de Feiras Internacionais (UFI), adquirindo o estatuto de feira internacional, com a designação de AGRO - Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação. Em 1984, dá-se a adesão à EURASCO - Comité Europeu de Sociedades Agrícolas e Organizadores de Feiras. O Parque de Exposições de Braga, tornou-se assim organizador - membro de duas importantes organizações internacionais de feiras, consolidando a sua posição como um dos principais centros de exposições nacionais e ganhando um reconhecimento internacional prestigiante. Em 1987, o Parque de Exposições de Braga dá mais um importante salto qualitativo através do enriquecimento do seu património. É inaugurado o Palácio de Exposições, com uma área bruta de exposição de ordem dos 6.500 m2. O ano de 1990, é outro marco histórico na vida do Parque de Exposições de Braga. Fecha-se o ciclo das grandes obras, com a inauguração do centro de Congressos, que inclui o Grande Auditório, sala de imprensa e várias salas de apoio. Estas infra-estruturas vieram possibilitar a abertura de uma importante área de actividade no Parque de Exposições: os congressos. O complexo de Exposições abrange uma área total de 45.000 m2, sendo 13.050 m2 de área exposicional coberta distribuída pelo Palácio de Exposições/Pavilhão 1, Módulos Exteriores, Pavilhões de Rua, e os restantes 31.950 m2 de área exposicional descoberta. Como estrutura complementar deste complexo, o PEB dispõe de um Centro de Congressos integrado por um Grande Auditório com capacidade para 1204 lugares sentados, 6 cabines de tradução simultânea, serviços de apoio com bar, restaurante e sala de imprensa, e por diversas salas com capacidade de 60 a 120 lugares sentados. A cidade de Braga beneficia assim de um conjunto de argumentos que lhe permite aspirar a desempenhar um papel de relevo no desenvolvimento do turismo de negócios, de que o Parque de Exposições de Braga será um importante instrumento. Boas acessibilidades, boa capacidade hoteleira, rede diversificada de serviços de logística, apoio e lazer e um complemento de oferta de produtos turísticos bastante atractivos fazem com que o Parque de Exposições de Braga desfrute de uma posição privilegiada no diálogo com Espanha, e em particular com a vizinha Galiza.

Braga
Ponto de Interesse
Bom Jesus do Monte
Monte do Bom Jesus
4715 056 Braga
Portugal

A uns Kms de Braga, levanta-se majestosa a estância turístico - religiosa do Bom Jesus, em que a natureza e a arte "dão mutuamente as mãos" para fazerem dela um verdadeiro ex-libris da cidade dos Arcebispos.
As origens da estância do Bom Jesus remontam ao principio do século XIV, quando alguém - talvez a seguir à batalha do salado (1340) - decidiu colocar uma cruz no alto da encosta do monte Espinho. Bem depressa esta cruz foi abrigada por uma ermida, que se tornou meta de peregrinação por parte dos Bracarenses e de outros fiéis das redondezas. Tal ermida esteve anexa à paroquia de Tenões. Em 1629, um grupo de devotos da

Santa Cruz do Monte resolveu construir uma confraria a que foi dado o nome de Confraria do Bom Jesus do Monte, a sua finalidade era tudo fazer para o engrandecimento deste centro de peregrinação.
Pouco a pouco foi ganhando corpo a ideia de transformar a ermida da Santa Cruz do Monte um Espinho num grandioso monumento em honra da paixão de Cristo.
De 1629 a 1722 foi-se abrindo um caminho sinuoso e íngreme nas margens do qual se construíram capelas em forma de pequenos nichos, que lembram aos peregrinos os diversos passos do Calvário. A partir de 1722, com o Arcebispo de Braga D. Rodrigo de Moura Teles, projectou-se e começou-se a realizar um grande plano, que acabou por redundar no Santuário do Bom Jesus do Monte actual.
Tratava-se de restaurara e reedificar, aqui, em Braga a cidade de Jerusalém, para que os cristãos que não podiam peregrinar até à Palestina pudessem fazer aqui a sua peregrinação aos lugares santos, revivendo as cenas da Paixão do Senhor.
O adro da Igreja projectado por Carlos Amarante em 1784, apresenta 8 estátuas, que representam personagens que intervieram na condenação, paixão e morte de Cristo; a Igreja tem planta de cruz latina.
A estância do Bom Jesus não se limita a ser uma estância religiosa, embora o aspecto religioso a caracterize profundamente, é também uma estância turística.
Nela o peregrino e o turista encontram um ambiente que convida ao descanso e ao recolhimento através da sua mata frondosa e dos seus hotéis.
O peregrino e o turista também encontram no Bom Jesus ocasião para uma sã diversão.

Serviços

Comodidades

Atenção


Neste momento só disponibilizamos restaurantes para a região Norte, para Lisboa, Faro e Coimbra. Brevemente teremos maior cobertura do território nacional.


Regista-te e acompanha as novidades do MyRestaurant!