Restaurantes

Ver todos

Descontos e Ofertas

Ver todos

Alma Portuense

Porto

Menú almoço 5€

Prato do dia + Bebida de Pressão + Sopa/Sobremesa + Café = 5€

O Diplomata

Guimarães

Maria Farinha

Braga

Descontos até 15%

Helvetia

Braga

Menu Almoço à semana 10€

O seu restaurante predilecto para almoçar!

Adega Regional Passos Perdidos

Vila Real

Servimos:  Casamentos,Baptizados e Comunhões.

Palácio

Vila Verde

Menu do dia à semana desde 6,00€

Venha almoçar connosco no Palácio! Conheça os nossos Menus!

 

Sinfonia Amarela

Vila Nova de Gaia

Sábados - Noites de Karaoke

No Restaurante Sinfonia Amarela todos os sábados há karaoke.

Apartir das 22.00h

 

Casa de Pasto das Carvalheiras

Braga

Menu almoço à semana desde 9€

Venha deliciar-se ao almoço com os nossos pratinhos!

 

É dono de um restaurante?

Faça parte da selecção de restaurantes MyRestaurant.

Sopa de Peixe

Coza a cabeça de peixe em 2 litros de água temperada com sal e pimenta em grão. Coe o caldo e reserve o peixe. Abra o berbigão sobre lume forte, retire-o das conchas e coe o líquido que largaram. Pique a cebola grosseiramente e coza-a com o azeite sobre lume brando sem deixar alourar. Junte o ramo de cheiros (salsa, louro) e os dentes de alho esmagados. Deixe refogar um pouco e regue com a água que serviu para cozer o peixe. Adicione ainda o vinho branco e o líquido dos berbigões e deixe levantar fervura. Introduza o tomate sem peles e sem sementes e cortado em quadradinhos. Se utilizar poejos, será esta a altura de os juntar. Deixe cozer. Alguns minutos antes de servir a sopa e com o caldo a ferver, introduza na panela a aletria partida em pedaços, e as lascas de peixe que retirou da cabeça cozida, o berbigão e o piripiri (facultativo). Retire as ervas aromáticas, rectifique os temperos e sirva com fatias de pão torrado e, se gostar, queijo ralado. Nota: Se quiser manter a transparência do caldo, coza a aletria à parte e junte-a à sopa já fora do lume. Junte o peixe na mesma altura. O pé de poejos, que não deve ter mais de 10 cm de comprimento, deve ser utilizado para perfumar a sopa. Fonte: As Receitas Escolhidas, Editorial Verbo

Ingredientes

1 cabeça de peixe, de preferência rascasso (galinha-do-mar) 500 grs de berbigão 1 cebola 3 colheres de sopa de azeite 1 ramo de salsa 1 folha de louro 2 dentes de alho 1 copo de vinho branco 2 tomates 1 pé de poejos (facultativo) 50 grs de aletria pão torrado sal e pimenta em grão piripiri (facultativo) queijo ralado (facultativo)

Bolo de Mel

No dia anterior ao da confecção, compre o pão em massa no padeiro ou, se preferir, prepare-a em casa. Neste caso, deverá trabalhar o fermento com 250 g de farinha, 1 dl de água tépida e 10 g de fermento de padeiro. Envolva o pão (ou o fermento) num guardanapo, depois de passado por farinha, e deixe repousar num sítio quente. No dia seguinte, peneire as especiarias previamente pisadas e, em seguida, corte as amêndoas, as nozes e o cidrão em bocados. Dissolva o bicarbonato no vinho da Madeira e derreta as gorduras no mel quente, raspando depois a casca das laranjas e espremendo-lhes o sumo. Peneire a farinha e o açúcar, faça uma cova ao meio e deite aí a massa de fermento; depois amasse o fermento com a farinha. Quando estiverem bem misturados, junte o mel, previamente amornado juntamente com as gorduras, ligando tudo. Depois de adicionar todo o mel, junte os frutos preparados, o vinho da Madeira com o bicarbonato, o sumo e a raspa das laranjas e as especiarias. Amasse até a massa se soltar do alguidar. Abafa-a com um pano e um cobertor, deixando-a levedar a uma temperatura sempre igual, durante 3 a 4 dias. Divida a massa em porções de 250, 500 ou 750 grs, conforme o tamanho dos bolos. Deite estas porções em formas redondas, direitas e baixas, muito bem untadas e leve a cozer em forno bem quente (indo já a superfície enfeitada com meias nozes, amêndoas ou bocados de cidrão). Depois de cozidos e frios, embrulhe-os em papel vegetal ou celofane e guarde-os em caixas. Fonte: docesregionais.com

Ingredientes

2,5 kg de farinha 1 kg de açúcar 750 grs de banha 500 grs de manteiga 25 grs de erva doce 50 grs de canela 12 grs de cravinho-da-índia 12 grs de cravo-de-acha 1 colher (chá) de mistura de especiarias 2 kg de nozes 250 grs de miolo de amêndoa 50 grs de cidrão 5 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio 250 grs de pão de massa 1,8 l de mel de cana (cerca de 2 garrafas e meia de melaço) 1 cálice de vinho da Madeira 4 laranjas

Bróculos e Courgete Gratinados com Bechamel

  • Separe os bróculos em raminhos e corte a courgete em rodelas grossas.
  • Leve a cozer em àgua temperada com sal. Escorra e reserve.
  • Ligue o forno a 200º. Leve um tachinho ao lume com a manteiga até derreter, junte-lhe a farinha e mexa com uma vara de arames até formar uma bola. Vá juntando o leite até ter a espessura desejada,  mexa muito bem para não formar grumos. Tempere de sal e pimenta e  um pouco de noz moscada ralada na hora.
  • Coloque os legumes num pirex e regue com o bechamel.
  • Polvilhe com queijo ralado e leve ao forno bem quente até gratinar.
  •  
  • Dica: Acompnhe com postas de pescada e batatas cozidas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://7gramas-de-ternura.blogspot.pt

Ingredientes

  • 2 courgetes
  • 400g de bróculos
  • queijo mozarella ralado
  • sal q.b

 

Bechamel:

  • 50g de manteiga
  • 50g de farinha
  • sal e pimenta de moinho q.b.
  • noz moscada ralada q.b.
  • leite q.b.

Bolo do Caco

  • Juntam-se os ingredientes todos (a água vai-se deitando pouco a pouco até obter uma massa consistente), amassando muito bem.
  • Deixar a massa fermentar cerca de 45 minutos.
  • Partir a massa em bolas que se achatam de modo a formar uma bolacha, com a espessura de 3 cm e um palmo de diâmetro, e deixar repousar mais 10 minutos. 
  • Colocar numa pedra muito quente, preferencial e tradicionalmente de basalto, deixando-se cozer até ganhar uma crosta fina. 

Esta receita é original do Restaurante Ilha da Madeira, em Lisboa. Aqui, por questões de higiene, o Bolo do Caco é feito em pratos de barro.

Ingredientes

  • 1 kg de Farinha de trigo
  • 30 a 50 g de Fermento de Padeiro
  • 250 g de Batata doce cozida
  • Água
  • Sal

 

Cocotte de Ovos no Forno

Cortar papel vegetal à medidas das cocottes/formas e colocar dentro para desenformar facilmente,
Calcar ligeiramente as fatias de pão de forma e forrar as cocottes com as mesmas (ou formas para queques) de maneira a não partir o pão,
Rechear com fiambre (ou chouriço) aos bocadinhos ou aos cubos a gosto e juntar o ovo e polvilhar com sal e oregãos,
Levar ao forno previamente aquecido a 200ºC até o ovo ganhar consistência.
Convém, no entanto, que a gema se mantenha líquida para que, ao comer, se envolva com os restantes ingredientes.
Usar uma fatia de pão e um ovo por cocotte/forma.

 

 

 

 

Fonte:troca.de.sabores

Ingredientes

  • Pão de Forma sem côdea
  • Ovos
  • Fiambre ou chouriça
  • Sal q.b.
  • Oregãos q.b.
  • Papel vegetal